O presidente Michel Temer deu mais um passo, após a intervenção no Rio de Janeiro, para tentar alavancar a sua popularidade.

Segundo a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de São Paulo, ele estabeleceu linha direta com prefeitos e deve fazer o mesmo com governadores. Semana passada, tirou dinheiro do “bolso” dos congressistas e repassou R$ 2 bilhões aos municípios usando verba que seria para pagar emendas.

A coluna explica que, em vez de devedores dos deputados, os prefeitos, bons puxadores de votos, agradeceram o presidente. Entusiastas da reeleição o aconselham, agora, a pedir aos Estados a lista de prioridades na área de segurança.

Ainda segundo o jornal, aliados avaliam que o presidente precisa saber o nível de insatisfação e exigência da população. Consideram importante os governadores entregarem o “dever de casa” que estão fazendo e não só a “conta a pagar” para o presidente.

Blog: O Povo com a Notícia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here