Em meio a ofertas de carros, celulares, móveis e eletrodomésticos, membros de grupos em redes sociais oferecem notas de dinheiro falsificadas. Num grupo que leva o nome de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), um internauta anuncia: “Vendo notas falsas com marca d’água. Entrega por Correios. 2 mil de notas por 100 reais“.

E não demorou muito para outros internautas que fazem parte do grupo manifestar interesse. “Eu quero“, diziam vários deles. O autor da publicação responde: “Inbox“, ou seja, pedindo para as pessoas mandarem mensagem para ele, para que seja feita a negociação.

De acordo com o Artigo 289 do Código Penal, falsificar, fabricar ou alterar moeda metálica ou papel moeda de curso legal no país ou no estrangeiro é crime. A pena varia de três a 12 anos de prisão e multa. Estará sujeito à mesma pena quem importar ou exportar, adquirir, vender, trocar, ceder, emprestar, guardar ou introduzir na circulação moeda falsa. Mesmo tendo recebido de boa-fé, comete crime, com pena prevista de seis meses a dois anos e multa, quem a recebe e a mantém em circulação, repassando a outros. Fica o alerta para às autoridades policiais. (Via: Blog do Carlos Britto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here