O prefeito de Ouricuri Ricardo Ramos respondeu aos questionamentos feitos por populares no Nossa Voz. As denúncias dão contas de que além de casas alugadas, tem também casas fechadas desde quando as unidades foram entregues. Para Maria Santos, moradora, é uma atitude injusta, as pessoas que alugarem as casas já que vem de um projeto social, “tem gente que aluga a casa por um absurdo, sabendo que a pessoa que vai morar precisa muito, isso é muito injusto. Aqui tem várias casas, inclusive casas abandonadas mesmo, com janelas quebradas e que pessoas invadem”, comenta Maria.

Ao Nossa Voz, o prefeito do município Ricardo Ramos que administrou o projeto em sua primeira gestão, final de 2012, lamentou, “Eu sinto muito ver que as pessoas não estão usando as casas como deveriam, mas podemos fazer um monitoramento junto a Caixa Econômica que é o órgão que detém os contratos das casas, estamos a disposição para ouvir as denúncias das pessoas e ajudá-las a usar as casas da maneira correta. Nós fizemos tudo, mas quem entregou as casas não foi a nossa gestão, então recebemos algumas reclamações que e não tivemos como atender, nossa parte foi feita”.

A comunitária Vanessa Gomes, ouviu as reclamações a respeito do Residencial Maria Gorete e também questionou, neste caso, sobre o cadastramento que foi feito no final de 2016, na época administrado pelo prefeito Cezar de Preto, Ramos garantiu que enviou os cadastros com projeto para o governo federal e continua aguardando posicionamento. “Este projeto nós já entregamos ao governo federal para que sejam construídas mais 400 casas, cobramos quando entregamos do então ministro Bruno Araújo e ainda esperamos posicionamentos por parte do governo federal, mas nós queremos lutar até o fim para construir e também o Minha Casa Minha Vida Rural para 370 casas”.

O prefeito disse que pode ser feito um monitoramento sobre cada usuário através da Caixa Econômica Federal para que possa ter uma visão melhor de como ajustar a situação e evitar os problemas enfrentados no momento.

Fonte Ouricuri em Foco

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here