As famílias que ocupam os assentamentos Dom Tomás e Democracia, em uma área no Projeto Irrigado Pontal, zona rural de Petrolina, enfrentam mais uma dificuldade. Depois de ficarem sem água e sem energia elétrica, o Blog recebeu a informação de que foi proibida a circulação de veículos pela área.

Um processo impetrado pela 3ª Superintendência Regional (SR) da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) junto à 8ª Vara Federal, pede-se que a Autarquia de Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) “cancele todas as operação e/ou autorizações de transporte público de passageiros, regular ou complementar, que tenha como destino final o Projeto Pontal, notadamente os acampamentos Dom Tomás e Democracia.“

A área onde se localizam esses dois assentamentos pertence à 3ª SR Codevasf, que está em processo de ocupação dos lotes familiares e comerciais do Projeto Pontal. A Codevasf já informou que a ocupação da área é irregular. O Blog vai procurar ouvir a Companhia. (foto/arquivo divulgação)

Fonte Carlos Brito

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here