Principal vitrine dos governos Lula, o programa Bolsa Família pode mudar de nome. A alteração tem sido estudada pelo governo Michel Temer, conforme publicação da coluna Estadão, do jornal o Estado de S. Paulo desta terça-feira (13).

A marca criada pelo marqueteiro baiano Duda Mendonça ainda no primeiro governo Lula tem sido discutida atualmente entre o presidente Temer e o Ministério do Desenvolvimento Social.

De acordo com a publicação do jornal paulista, uma das opções é rebatizar o programa de Bolsa Dignidade.

Com a mudança, a imagem do programa seria desvinculada do PT.

O ministro Osmar Terra, do Desenvolvimento Social, nega que a medida seja eleitoreira. “A ideia é mostrar que não é só transferência de renda. Queremos dar um sentido mais dinâmico”, argumenta.

Blog: O Povo com a Notícia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here