O plantão policial das últimas horas registrou as prisões de quatro pessoas na região do Cariri, sendo duas em Crato com revólveres, outra em Mauriti com espingarda e mais uma em Juazeiro t6ambém com arma de fogo. Neste último caso, na manhã desta terça-feira, os policiais civis Diego, Danilo e Márcio cumpriram Mandado de Prisão contra Jonatas Dantas dos Santos apreendendo na sua residência uma arma calibre 22 de fabricação artesanal.

Antes, no último final de semana, uma patrulha do Policiamento Ostensivo Geral (POG) esteve na Avenida José Horácio Pequeno (Belmonte) em Crato, após ser avisada que um menor estava armado e efetuando disparos em via publica. Quando os PMs chegaram encontraram o adolescente com um revólver calibre 32 desmuniciado e uma faca de mesa. Ele disse que tinha as munições num matagal, mas estas não foram encontradas.

Já por volta das 16 horas desta segunda-feira a Polícia de Mauriti soube que no Sítio Serra Velha no Assentamento de Oitis um homem estava armado e uma patrulha com o Sargento J. Cícero e os Soldados Carvalho, Anielton e C. Garcia foi lá. No local prenderam o agricultor Cícero Bezerra de Oliveira, de 34 anos, ali residente, ao encontrarem dentro de uma velha geladeira no quintal de sua casa uma espingarda calibre 36 com quatro cartuchos intactos. Segundo o Sargento Giocondes, Comandante do Destacamento de Mauriti, o acusado foi apresentado ao delegado Rogny Rodrigues.

Às 22 horas de ontem policiais militares de Crato prenderam, na Vila Sardinha, o jovem Kaio Nelson dos Santos Sousa, de 27 anos, residente na Rua Alan Kardec no bairro São Miguel. Ele se tornou réu confesso no assassinato do flanelinha Carlos de Oliveira Santos Filho, de 23 anos, o “Carlinhos” na manhã de domingo e os PMs perguntaram pela arma. Kaio apontou o quintal do imóvel quando os policiais desenterraram um revólver calibre 38 com capacidade para cinco tiros.

Por Demontier Tenório

Miséria.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here