A Justiça Federal bloqueou sete contas bancárias do município de Moreilândia, no Sertão de Pernambuco. A decisão atende ao pedido feito pelo Ministério Público Federal (MPF), que havia instaurado inquérito civil para apurar a utilização dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) em áreas não relacionadas à educação local, na gestão do prefeito João Angelim Cruz.

De acordo com o MPF, as Superintendências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal serão intimadas para esclarecer essas movimentações bancárias, uma vez que existe um decreto e um termo de conduta nacionais criados para evitar esse tipo de transações.

A prefeitura de Moreilândia não comentou o assunto.

Fonte Araripina em Foco

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here